E a novela do vinho

É tão longa que não vou contar agora.

Minha irmã estava guardando uma garrafa de vinho para nós fazia tempo. Vinho especial, disse ela. Mandou na mochila do meu filho, na última vez que ele esteve lá.

Acontece que na mochila só encontrei suco. Fiquei dias esperando pela tonteira. Nada.

E ela me perguntou pelo vinho.
-Não, tu não mandou!
-Mandei, sim!
-Não, não estava na mochila!
-Mas eu mesma coloquei, claro que mandei!Mana onde foi parar a garrafa? O Gui foi direto para o pai dele?
-Sim.
-Ihhhh!
-É...

Lembrando que o pai dele é um alcoólatra em recuperação. Meus deus, o que passaria pela cabeça do sujeito encontrando uma garrafa de vinho nas coisas do Gui?

Nada. A mãe foi mais esperta que nós duas juntas, como o menino esteve antes de ir para a casa do pai na casa dela, confiscou o vinho e guardou. Disse que só me entrega quando eu for visitá-la.

(Tá, contei.)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como cada signo troca uma lâmpada

Dicas para disfarçar e controlar as lágrimas

Putz