Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2013

GPS

Tô meio perdida. Odeio estar perdida. E quando digo odeio, quero dizer odeio mesmo, que vou fazer o que for necessario para mudar isso, que não suporto mesmo e que tenho pressa, muita pressa de entender logo tudo isso.

Vamos aos fatos: meu namorado veio morar aqui. Até aqui tudo bem, eu realmente gosto dele, no fundo queria isso mesmo que não fizesse muito força para que isso acontecesse (como costumava fazer com as coisas que queria). Mas sei lá, me perdi de mim mesma.

Não sei se tenho o direito de ficar perdida desse jeito. Devia estar na fase do foda-se  para tudo, mas não consigo. Queria não me importar tanto com ele, com o que pensa a meu respeito, e mais ainda queria estar não dando a mínima para o que ele vê de errado. Acho que é aquela vontade imensa de ser perfeita para quem eu gosto, ou seja vaidade. Ou aquele medo de cometer os mesmo erros.

 Gostaria de estar com a autoestima tão alta, mas tão alta que ficar sozinha em casa seria um prazer. Mas nos últimos meses tenho verda…

Meus cabelos... quanta diferença!

Não sei se a cor do cabelo interfere no humor, só sei que deixei de rir daquele jeito depois que fiquei morena. Ou será que tingi de escuro porque perdi o humor?

Seja como for, me gosto bastante assim. Me adoro assim alto contraste e não pretendo ficar loira de novo tão cedo. Mas de rir de tudo (mesmo com aquele azedume típico por dentro) sinto falta.

Sinto que vem o verão por aí, olhando bem já consigo ver a primavera, os dias mais ensolarados, mais tempo na rua e tenho certeza que volto a rir como antes.


Curtas parte #48975430987534875

Saudade do tempo em que o máximo que fazíamos para ter privacidade era ter login como nome fictício e não revelar endereço. Hoje não dá para se esconder de ninguém na net. E reclamo disso porque ainda que não fuja de ninguém, tem pessoas sim, que não gostaria que me encontrassem e que já pensei que tinham parado de me procurar. Só que não. Que droga...
Então foda-se. Agora que não preciso mais "sonegar informação" por que o "chato" já me achou no face posso contar para meus leitores mais queridos (que são vocês do blogue) que estou feliz da vida trabalhando numa área que queria faz tempo. É cedo demais para comemorar porque o caminho é longo até chegar aonde quero mas essa coisa de gráfica faz parte do meu caminho. Sou a garota do CTRL P. E tenho orgulho disso. Para quem como eu tem DDA do cão, coisa que já foi (e ainda é) um problema sério, encara um trabalho desses é uma missão é tanto. 
Outra coisa que queria contar faz tempo mas não queria que o chato soubesse …