Você percebe que está adulto quando

Não sei. Passei da adolescência para a velhice (ou algum nome mais bonito que possa definir essa fase da vida) num piscar de olhos. Então não sei mesmo.

Quando começa a trabalhar? Trabalho desde os 16. Quando tem seu primeiro carro? Não comprei nem meu próprio computador. Quando casa ou faz algo similar? Isso pode ser o ato mais infantil. Quando começa a xingar o pai a mãe? Chamo isso de falta de respeito. Discordar veêmentemente? Bem, err, ham, nasci discordando. Quando nasci, e o médico me deu um tapinha, respondi com uma série de palavrões inintelegíveis. Devo ter chorado depois. Portanto, não sei quando uma pessoa se torna adulta.

Hoje minha mãe tem menos rugas que eu (maravilhas da tecnologia aplicada à cosmética). E me vejo diante de uma nova missão que é empurrar pai e mãe ao médico. Como é difícil cuidar de adultos relativamente bons da cabeça! E se queixam. E tem dores. E nem um pingo de juízo no que se refere à alimentação, remédios e outras coisas.

Impressionante, eles não obedecem!

(já sou uma mulher vintage, será?)

Comentários

Martini Bianco disse…
ahahaha... Gostei.

Talvez quanto mais se envelhece mais criança nos tornamos... e depois nem aceitam os conselhos (pensam que sempre nos podem dar e nunca recebê-los)

Postagens mais visitadas deste blog

Como cada signo troca uma lâmpada

Dicas para disfarçar e controlar as lágrimas

Putz