Fato inusitado

Misse (o gato) rosnado (será que o termo se aplica à gatos?) sem razão. Não vi nada.

Minutos depois vi que tinha um lagarto na garagem, morto. Peito amarelo, barriga para cima. Deixei quieto, tinha mais com que preocupar e não poderia naquele momento realizar os rituais fúnebres que o lagarto merecia.

Deixa estar.

Mais tarde, qual não foi minha cara de uadarréu quando vi o lagarto no meu quarto! E eu precisando entrar lá toda hora tive que desistir do que estava fazendo para deixar o pobre em paz. Se ele se assustasse fizesse qualquer movimento eu não me responsabilizaria por meus atos. Não sou de dar gritos histéricos por causa de uma barata, mas era um lagarto. Nos assustaríamos os dois, não importando o fato do bichinho ter pouco mais de um palmo. Torci para que meu marido chegasse logo, não para me salvar, mas para comprovar o fato já que ninguém acreditaria que um lagarto entrou no quarto. E ficou lá.

Dpois meu marido capturou-o num gesto de muita coragem, coisa que lhe é peculiar.

Como diz(ia) Marcelo Rezende: tenho imagens! Mas só posso mostar para os íntimos, não tenho como baixar as imagens desse bendito celular. A tecnologia não chegou a tanto e ele veio sem cabo.


Juro que cheguei a pensar que estava vendo coisas.

Comentários

Martini Bianco disse…
hmmm... interessante.

Vi muitos desses lagartos que mudam de cor ai no teu estado. Assustador, para quem nao está habituado a vê-los. Ah e muitos sapos... desses ja gosto mais.

Por aqui nao há disso, mas eu preferia que houvesse...
Martini Bianco disse…
hmmm... interessante.

Vi muitos desses lagartos que mudam de cor ai no teu estado. Assustador, para quem nao está habituado a vê-los. Ah e muitos sapos... desses ja gosto mais.

Por aqui nao há disso, mas eu preferia que houvesse...
desculpe o auê disse…
A é? Já tivemos a visita de aranhas enormes. Quase um palmo.

Quanto ao lagarto, esse era dos mais monótonos e não mudava de cor.
Ricardo Chicuta. disse…
Pelo jeito vc.mora no interior.Porque aqui não aparece lagarto não,se aparecer o pessoal é tão pobre que come o bicho.
desculpe o auê disse…
Nos fundos da casa, depois do muro tem um mato. Não sei de que tamanho, mas é mato fechado, árvores altas.
Digamos que essa cidade seja muuuito arborizada. Até no centro.
Ser carregada por mosquitos tal como a baleia do twitter tudo bem, mas animais maiores naõ esperava.

Postagens mais visitadas deste blog

Como cada signo troca uma lâmpada

Dicas para disfarçar e controlar as lágrimas

Putz