Track do dia e fato inusitado 2

Ontem trabalhei acompanhada de Karen Elson e de Sade.
A mais famosinha é essa aqui:

Destaque para o teclado, à lá musica de igreja. Gosto.
Mas minha favorita é essa aqui ó:

Quanto à letras, melhor não se preocupar com isso. Até que eu que não tenho nada contra conteúdo subjetivo achei hum, digamos, surreal. Não tira ninguém da depressão mas é legal sim.
Sade, esta fica para mais tarde.

E o fato inusitado não tem nada a ver com fauna e flora hoje: lembrei de uma coisa. Numa outra vida, há muitos anos atrás lembro de ter ido algumas vezes no hospital quando a vó (a que me passou o dda, mas já a perdoei, tadinha não tinha culpa) estava internada e lembro também de ter gostado muito da trilha sonora do dito ambiente. Me chamou a atenção. Eram músicas que na época era a mais completa novidade para mim mas que gostei muito. Na época já gostava muito de Enigma (me rasagaria por) e aquilo do hospital deixava a espera menos tediosa. Não chegava a ser um prazer, mas não era ruim esperar. A impressão que tive era que o hospital estava mais elegante, mais alegre sem ser festivo e menos hospital. Dava para esquecer até o cheiro.

Mais tarde soube que o rapaz que se encarregava do som colocava Morcheeba. Já pensou?

Comentários

Martini Bianco disse…
...as coisas que tu te lembras...

Num dos hoteis onde trabalhei em Londres a musica também era sempre chill, mas um chill calminho, também para lembrar que o hotel tinha algum requinte e que os hóspedes soubessem que ali as festas teriam de ser à medida do compasso da música :)
Martini Bianco disse…
o primeiro video lebra musiquinha de cabaret ;)
desculpe o auê disse…
rsrs
imagine um cabará aqui, o tipo de música..

Postagens mais visitadas deste blog

Como cada signo troca uma lâmpada

Dicas para disfarçar e controlar as lágrimas

Putz