Acontece... #fazeroquê

A mulher provou todos os sapatos, sandálias e chinelos do número dela. Tirou a dúvida quanto ao tamanho provando outros números também. Adorou tudo. Perguntou preço parcelado e à vista de meia dúzia deles. Busquei nas caixas (um verdadeiro parto) o pé esquerdo de muitos dos que ela experimentou. Cansativo.Nada promissor. Mas sou do tipo que acha que esse tipo de cliente se encaixa na categoria caroço - o que no futuro pode dar fruto.

Isso aconteceu no início de dezembro. Ao final da maratona sapatística e de termos em alemão (que não entendo nada) me disse que tudo bem que o que ela queria não tinha no seu tamanho, pois ela estava tão sem dinheiro que só poderia voltar a comprar em janeiro.

Bem, já é quase fevereiro e ela não veio. Estou esperando.

Pensando bem, deveria eu ter dado outro nome para ela... Já pensou se ela me procura mesmo?

Comentários

Ricardo Chicuta. disse…
Hoje fui comprar um tênis,bati o olho em um logo que entrei.Perguntei se tinha 42,nem experimentei,paguei e fui embora.
As vendedoras me amam.

Postagens mais visitadas deste blog

Como cada signo troca uma lâmpada

Dicas para disfarçar e controlar as lágrimas

Putz