Dai-me

Fé, coragem e... Santo Daime!

Os clientes que não querem levar nada, costumamos perceber já logo nos primeiros minutos. Mas alguns, conseguem nos iludir com maestria. Tudo bem, o caroço de hoje é o fruto do amanhã e tenho por filosofia que cada um tem de mim meu melhor. E assim aconteceu: moça pede para dar uma olhada nas novidades de inverno. Acontece. As pessoas ignoram o calorão atual de quase 40 graus e pensam em botas de cano de alto para o inverno (sempre rigoroso) que não está tão longe assim. E não era daquelas que dá um olhada em tudo faz uma pergunta ou outra se não quer comprar. Não, era das mais carentes, do tipo que quer absoluta atenção todo o tempo. Egoísta!

O problema é que depois de ficar a par de todas as novidades e das tendêncinhas e "já pegou", me tomar o máximo de tempo que poderia em pleno sábado (dia de loja cheia, bombando) ela me sai com a desculpa mais esfarrapada dos clientes:
-Outro dia volto com mais calma.
-?

Mais calma ainda? Então chega mais cedo e prepara o café! Vai querer bolachinhas e subir junto comigo e as colegas para o almoço?

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como cada signo troca uma lâmpada

Dicas para disfarçar e controlar as lágrimas

Putz