Curtas

Na faculdade, meu colega e a prof:
-gente, porque vocês não podem conversar durante a aula etc, etc etc.
-Mas estamos só nós dois, os outros colegas estão tomando água (que sede tem essa gente nesses 4 ou 5 graus!)
-Mas porque não deixam para conversar nas outras tantas horas da semana?
-Por que se eu falar com ela durante a semana minha mulher se separa de mim!!!

-Diz para ela que sou bem sem gracinha!
-Aí sim que ela me mata!

Nossa, mulher ciumenta! E eu juro, não tinha climinha...

Explicando melhor: meu colega é do tipo que não tem sossego, impulsivo, falante, mas consegue ficar sentado. Pensa que não sou solidária com os "desprovidos de quietude"?

.................................................................................................................

Na loja, atendendo um distinto senhor do interior, mas desses de ótimo humor e vocabulário surpreendente.
-Essa bota não te parece afeminada?
-Não. Mas se tu prefere uma de solado mais roubusto, mais rústica tenho essas outras.

Minutos depois, provando a primeira bota, aquela mesma que ele achava afeminada (sem ser, juro):
-Tem certeza que naõ é afeminada?
-Tenho, tu é o tipo de sujeito que pode qualquer bota que nunca vai ficar afeminado!
 Olhou para a mulher, começou a rir e emitiu:
-Ela tá me chamando de grosso?

Vá entender...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como cada signo troca uma lâmpada

Dicas para disfarçar e controlar as lágrimas

Putz