TPM

Minha colega tem sérios problemas. Um deles é aquele ar de "tenha pena de mim, porque tenho muitos problemas". O outro é achar que pode dizer o que quiser que ninguém vai dar importância. A cara triste é sua eterna companheira.  Normalmente fico calada até perto do meio-dia, hora que o gato devolve a língua dela. Já nem me iludo mais achando que o clima pode ter melhorado e fico na minha. 

Certa vez, falei umas verdades que  numa escala de um a dez teve nível de contundência 7 mas como era justo, a pobre se desmanchou porque nunca alguém falou com ela dessa maneira. Chamou a chefe e disse que "do nada, sem saber por quê, a G começou a me ofender, gritar e naõ sei o que mais". Resultado: a carinha de cachorro sem dono fez efeito e eu fiquei de louca da história. Gente, essa mulher é perigosa!

Costumo relevar o mau humor alheio desde que não me ofendam e me permitam rir. O contrário também pode acontecer comigo. Pode rir de mim, e prometo fazer o possível para não ofender ninguém se estiver num bad day. Mas, tem sido diferente nos últimos tempos, fico com aquela sensação de ter feito ou dito algo que machucasse, e como sei que ela é uma pessoa muito frágil, bom, nem preciso descrever... Ou seja: o mau humor alheio tem me tirado do sério. Além disso, ela acha que o fato de chorar facilmente a faz especial. Desculpe, mocinha, mas chorar facilmente não a torna especial, e sim uma chorona mimimi. Não importa o tamanho do problema. Ser especial é outra coisa, e isso vale um post à parte.


E depois desse texto pouco agradável, a novidade: ela tem andado mais feliz nos últimos dia. Otem teve uma pequena recaída e hoje está menstruada. O que significa que o bom humor era sinal de TPM.

Alguém sabe aí que deixe uma mulher prester a menstruar todo o tempo, que não tenha cheiro nem sabor e que seja indolor?

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como cada signo troca uma lâmpada

Dicas para disfarçar e controlar as lágrimas

Putz