Formada em tudo?

Não sou pessoa experiente. Mas quando comparo certo conhecimento com o de outras pessoas (principalmente mulheres) da minha idade vejo que parece que vivi bem mais. Mas a vida guarda seus segredos que deixam a gente com cara de boba, bem do tipo "como naõ pensei nisso antes?". Me refiro ao conhecimento bobo, como para que serve um curvex, ou o que é lixívia. Boa parte deduzi, outra parte li, mas nem tudo aconteceu comigo. De certa forma sou bem observadora.

Não que eu queira me exibir, é que vou mais a fundo nas coisas. Isso tem um lado bom mas tem também um lado digamos, desfavorável: posso ser uma chata por saber das coisas. E viver à beira do tédio quando parece que nada mais é de todo novidade.

Pretensiosa? Juro que não. Ao menos não por esse motivo.

Ontem fui ter uma conversa um tanto tensa com minha chefe. Eu não contava com a habilidade dela de virar o jogo e saí perdendo. E hoje, estranhamente me sentia muito melhor. Mais tarde, depois de pensar bastante sobre o estado das coisas, o motivo de não estar na ressaca moral é que percebi: uma discussão não nos deixa melhor por poder desabafarmos. Serve também para que o outro se justifique e possamos entendê-lo melhor. Depois dessa compreensão toda, quem não repensa seus atos?

Ou será que fui persuadida? E quanto mais falo mais me enrolo?

Comentários

Martini in Mexico disse…
Ai mulher, desta vez nem eu te entendi... :)

Postagens mais visitadas deste blog

Como cada signo troca uma lâmpada

Dicas para disfarçar e controlar as lágrimas

Putz