Durou muito o que tinha começado errado


Postei, no meu outro blog, algo sobre a imprensa. To me sentindo meio culpada. Parece que eu tô ignorando a dor alheia em detrimento ao novo e atraente. Não é isso, sou solidária sim, só acho que pena por pena, somente, não leva ninguém a lugar nenhum. Nem a vítima, nem o algoz, nem o expectador condoído, se este nada fizer.

A opção pela ignorância, sim, deve ser castigada.

mas quem sou eu...

trecho de abril de 2009.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como cada signo troca uma lâmpada

Dicas para disfarçar e controlar as lágrimas

Putz