Nada fácil


Ficar comigo é uma missão. É um jogo no hard.

Eu não sou difícil de agradar, nem dona da verdade ou teimosa. Nem gosto de brigas. Não sou ciumenta demais. Mas permanecer comigo exige que a pessoa realmente queira isso por que sou livre, subjetiva, omito muita coisa e super transparente para outras que chega a assustar.

Ninguém me põe amarras e nem luto contra isso porque simplesmente não acontece, escorrego feito areia entre os dedos. Mas ainda inspiro confiança por causa dessa transparência. Mas com certeza a pessoa não tem controle sobre mim, e se tem é por algum tempo bem curto.

Hoje faço três meses de namoro e nem mereço os parabéns. Na verdade mereço, porque voltei a confiar em alguém, claro que não cegamente como antes. E nunca em toda a minha vida mesmo tendo sido casada duas vezes tive três meses de namoro.




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como cada signo troca uma lâmpada

Dicas para disfarçar e controlar as lágrimas

Putz